Previous Next

O Núcleo de Educação Hidroambiental, nesta quinta-feira, 16 de novembro, inicia processo formativo de adolescente que fazem parte da Comissão de Meio Ambiente da E.E.M.T.I Wilson Gonçalves da Silva.

No primeiro momento a socióloga Cristina Diôgo, consultora do núcleo, apresentou o cenário da água no mundo, no Brasil e no Crato e abriu o debate sobre a questão do consumo consciente da água. Em seguida apresentou um histórico das atividades das oficinas de Bombas de Sementes e colocou a importância do protagonismo juvenil: os participantes vão replicar a experiência em toda escola.

Uma novidade foi a presença da professora Tereza Cristina, intérprete em libra, que acompanhou a participação de uma participante da experiência.

No segundo momento, o engenheiro sanitarista André Ramos apresentou o processo de monitoramento das Bombas de sementes, explicando como funciona um Bombário e da importância da comprovação científica da eficácia das Bombas de Sementes no processo reflorestamento da chapada do Araripe.

Após a apresentação do André, Cristina convidou o grupo a participar deste processo de monitoramento e iniciou o passo a passo da confecção das bombas de sementes, utilizando sementes de aroeira, doadas pela Rede de Sementes do Projeto de Transposição do São Francisco e sementes de Visgueiro coletada a semana passada no Sítio Santo Antônio.

 

Num clima de muito diálogo e cumplicidade foi encerrada a oficina, onde cada participante recebeu um copo de papel da SAAEC e se comprometeram em dar continuidade ao processo de reflorestamento da Chapada do Araripe com as Bombas de Sementes. E no início de dezembro ele vão iniciar uma jornada de oficinas de Bombas de Sementes em todas as salas do ensino médio da referida escola.

Previous Next

Foram sorteados nesta Segunda-feira nove prêmios do “Outubro Rosa SAAEC”, com a presença de clientes, colaboradores e administradores dá SAAEC, o sorteio foi realizado na própria instituição com a presença também de um dos arrecadadores autorizados o Sr. Laécio Teles Braga.

Puderam concorrer aqueles que mantiveram as suas contas pagas em dias, até setembro de 2017. Os clientes sorteados foram: Sebastião residente do bairro Alto da Penha ganhador de um edredom, Francisco Assis de Oliveira (Batateiras) foi sorteado com um jogo de utensílios, Fundação Araripe (centro) um edredom, a quarta ganhadora levou para casa um ventilador, Ana Cleide (Vila Lobo) um forno, Maria Vieira Silva (Santa Fé) um ventilador,Geralda Cavalcante (Pinto Madeira)  um kit de utensílios, Maria Irismar Moreno (seminário) um ventilador e Francisca Alves Ferreira (Alto da Penha) um fogão. Os ganhadores terão até cincos dias para retirar os seus prêmios.

 

         Neste mês, durante o Novembro Azul, a SAAEC permanece apoiando as ações de prevenção do câncer, desta vez o público alvo são os homens. E no dia oito de Dezembro acontecerá mais um sorteio do novembro azul. Mantenha-se informado e em dia com as suas contas de água, não perca as oportunidades. 

Previous Next

Na manhã desta segunda-feira (23) a SAAEC recebeu a visita do senhor Francisco Leitão Moura, Presidente da Federação das APAEs do Ceará, cumprindo agenda com o Diretor Presidente da SAAEC, Yarley Brito, no intuito de fortalecer a parceria firmada através de um convênio de interesse público.

A SAAEC e a APAE possuem um convênio para receber doações voluntárias através de autorização de débito em faturas mensais de água e esgoto. Cada usuário que autoriza a doação voluntária auxilia na prestação de serviços de apoio às crianças assistidas pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). As doações recebidas são repassadas para a instituição e seus projetos através de transferência eletrônica.

Na agenda desta manhã, Yarley Brito e Francisco Leitão, representantes respectivamente da SAAEC e da APAE, celebraram mais um convênio para que o Núcleo de Educação Hidroambiental, responsável pela execução do projeto Bombas do Bem, iniciativa de conscientização ambiental através das oficinas de reflorestamento da Chapada do Araripe, possa envolver a APAE e suas crianças neste programa de preservação ambiental.

“Estamos fortalecendo ações da APAE aqui no município do Crato com o objetivo de assistir melhor e apoiar a formação das nossas crianças, adolescentes e jovens que devem ter oportunizada a qualidade de vida”, afirmou Leitão, após assinatura do convênio.

Para Yarley Brito, a “SAAEC ajuda a fortalecer também a relação entre a APAE e a sociedade com a ampliação desse convênio, através do Projeto Bombas do Bem do Núcleo de Educação Hidroambiental e as suas demais ações de conscientização e preservação do meio ambiente”. 

Na segunda-feira (09) a SAAEC lançou mais um projeto que visa a conscientização ambiental e prática de ecocidadania, através do Núcleo de Projetos. O “SAAEC Recicla” tem o objetivo de estimular o hábito da reciclagem de materiais junto à equipe, instituição e sociedade. Inicialmente apenas alguns resíduos sólidos, como papel, embalagens PET, papelão, embalagens plásticas, como sacos e sacolas, embalagens longa vida estarão sendo coletados toda segunda-feira na própria sede da instituição, durante o horário comercial. O material será repassado para a Associação dos Agentes Recicladores do Crato. 

A SAAEC assume mais um compromisso de contribuir com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, fomentando a geração de renda e contribuindo também com o desenvolvimento econômico da cidade do Crato, através da colaboração junto a cadeia produtiva do setor da reciclagem. Cidadãos e cidadãs conscientes e sensíveis aos problemas relacionados aos volumes elevados de lixo e destino indevido destes materiais, que acarretam graves problemas ao nosso ecossistema, devem aderir a esta iniciativa que é uma ação positiva para toda a sociedade. Participe, separe o material que seria lixo e deposite no posto de coleta da sede da SAAEC.

O Núcleo de Educação Hidroambiental da SAAEC assume mais um compromisso na defesa e preservação do meio ambiente, através da iniciativa de auxiliar no financiamento do projeto “Deixa que eu cuido”.

O formato de captação de recursos para subsidiar a ação é resultado de uma parceria entre o Colégio Ágape, a ONG Juriti, a SAAEC e o projeto Soldadinho-do-araripe junto com a ONG Aquasis.

O objetivo consiste em mobilizar a sociedade, em especial os usuários dos serviços da SAAEC, através da doação mensal de quantias a partir de R$2,00 que serão espontaneamente definidas pelo cliente para débito junto a sua fatura. O intuito da SAAEC é continuar ajudando os projetos de cunho ambiental e avançar cada vez mais no fortalecimento da pedagogia e exercício de cuidado e responsabilidade com o presente e o futuro.

O topo do site da SAAEC já possui um banner sobre o projeto, clique no botão “Ajude!” ao lado esquerdo e a ficha de adesão abrirá em nova aba para preenchimento e envio da sua proposta de colaboração mensal, que será efetivada após o pagamento da próxima fatura.

Previous Next

O momento de reorganização administrativa na SAAEC vem promovendo diversas iniciativas de inovação e ressignificação que vem tomando proporções cada vez maiores e responsáveis referentes aos serviços, relacionamento com seus usuários e população em geral, além de um leque de parcerias que continua se ampliando em áreas distintas da esfera pública e junto a diferentes setores da sociedade.

Na última sexta-feira (29), a SAAEC foi procurada por uma equipe da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS) e o Diretor Presidente, Yarley Brito, junto a Diretora Financeira, Rosário Pinheiro, receberam a Secretária adjunta de Trabalho e Desenvolvimento Social, Edvania Gonçalves, a Gerente de Célula da Proteção Básica Social, Jhenifer Lopes e o artista plástico Wanderson Petrova.

Na pauta, uma nova proposta de parceria para contemplar o espaço físico da Estação Vila Alta da SAAEC, onde está em andamento o trabalho de implantação de uma Estação de Permacultura, envolvendo o CRAS deste bairro e a comunidade. Desta vez, a ideia sugerida pelo CRAS Vila Alta, surgida após a percepção e reflexão da coordenadora desta unidade, Tarcília Vieira, consiste em contribuir no projeto de revitalização da área através da intervenção artística neste reservatório do Complexo da SAAEC.

“Nós construímos uma relação de parceria com o CRAS Vila Alta e já possuímos uma sinergia de ideias e ações que geram oficinas, momentos de lazer, dança, esportes e demais atividades no espaço. A proposta é que todos e todas possam receber e oferecer tratamento e cuidado para com esses espaços. O próximo passo é firmar parcerias para captar recursos que financiem mais esta obra de arte a céu aberto no Crato”, afirmou Yarley Brito, Diretor Presidente da SAAEC.

A Secretária Adjunta de Desenvolvimento Social e Trabalho, Edvania Gonçalves, contou como as parcerias entre SAAEC e SMDST, integrando políticas públicas que congregam a pauta do Meio Ambiente e da Assistência Social. “Já existem várias parcerias com as nossas unidades. A equipe do CRAS Vila Alta pensou como contribuir com a revitalização do local e o trabalho artístico aliado à preservação do meio ambiente representaram essa proposta de novas alternativas de trabalho com os nossos usuários junto da retirada do caráter ocioso de mais um espaço público”, disse Edvania.

Wanderson Petrova, artista que realizará o trabalho fruto desta parceria, disse que “a ousadia de pintar gratuitamente para as pessoas em espaços públicos o surpreendeu, pelos resultados e por haver pré-disposição para esse processo, por acreditar na força dessa iniciativa. A arte modifica e no contexto urbano se torna acessível para todos os públicos”.

Na manhã do último sábado (21), a equipe da SAAEC esteve presente na cerimônia de entrega dos títulos de posse para as pessoas da agricultura familiar do município.

A ocasião, promovida pela Prefeitura do Crato, através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, aconteceu na praça Bicentenário a partir das 9h e contou com a presença de autoridades locais e regionais.

Foram entregues aproximadamente 700 títulos de posse, beneficiando as famílias que atuam na agricultura e retiram, através desta atividade, o sustento da sua casa e contribuem com a produtividade desta cadeia econômica, que será potencializada a partir desta ação.

Estiveram presentes o presidente da Fundação Araripe, Pierre Gervaiseau, o Secretário de Desenvolvimento Agrário do Ceará, Dedé Teixeira, o Secretário de Desenvolvimento Agrário do Crato, Zilcélio Alves e o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil.

A partir desta conquista, a agricultura familiar se fortalece para acessar créditos rurais, ampliar seu alcance e produção no município, sustentação econômica da cadeia produtiva a partir do PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), além dos diversos benefícios nos lares de agricultores e agricultoras familiares que passam a contar com maior segurança para o real incremento financeiro.

Durante os meses de outubro e novembro, homens e mulheres possuem um compromisso com a sua saúde. A prevenção do câncer de mama é alvo da campanha mundialmente conhecida como o “Outubro Rosa”. Já a prevenção do câncer de próstata tem no mês seguinte a campanha também realizada no mundo inteiro, denominada “Novembro Azul”.

Reforçando a necessidade de ambos exames preventivos, a SAAEC divulga aos seus clientes que durante os meses destas duas campanhas haverá sorteios de prêmios para aqueles (as) clientes que estiverem em dia com as suas faturas. Basta ir até o atendimento da SAAEC e apresentar as suas faturas pagas, retirando o cupom, preenchendo e aguardando os sorteios.

Para participar da campanha do “Outubro Rosa” o (a) cliente deve estar com suas contas quitadas até o vencimento do mês de setembro de 2017 para ter direito a concorrer as premiações do sorteio que acontecerá no dia 13 de novembro. Para participar do sorteio das premiações do “Novembro Azul”, o (a) cliente deve suas faturas quitadas até o vencimento de outubro de 2017, concorrendo ao sorteio no dia 08 de dezembro. 

Previous Next

A conhecida Romaria ao Caldeirão, realizada anualmente na zona rural do Crato, contou este ano com a participação da SAAEC, contribuindo com o a conscientização ambiental do público presente, repleto de romeiros e romeiras. Em sua 18ª edição e sob a temática da importância em cultivar e guardar a criação, a romaria contou com um público de cerca de três mil pessoas.

O intuito é espalhar não só as bombas de semente produzidas e distribuídas gratuitamente, mas disseminar a ideia do reflorestamento como parte de um conjunto de ações para preservação do meio ambiente.

A atitude de levar as oficinas de “Bombas do Bem” ao máximo de localidades e públicos distintos é trabalho constante da SAAEC, através do Núcleo de Educação Hidroambiental, para reflorestar o ambiente devastado na região da Chapada do Araripe no Crato.

Torna-se cada dia mais abrangente e eficaz a iniciativa que na ocasião da romaria contou com a apresentação do projeto na fala de Cristina Diogo, coordenadora do núcleo, orientando como se dá o processo de criação das bombinhas e convocando todos e todas para “recatingar”, tendo esta palavra de ordem acolhida pela comunidade do território rural do Caldeirão. Aproximadamente 1.000 bombinhas foram produzidas pela SAAEC e seu Núcleo de Educação Hidroambiental em parceria com a ONG Juriti e além de depositadas no ofertório foram distribuídas entre os romeiros e as romeiras participantes da celebração para que fossem lançadas na caatinga durante o percurso de volta para casa. O bispo do Crato enalteceu a iniciativa e destacou a importância do trabalho de reflorestamento através das “Bombas o Bem”. 

SAAEC
Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato
Avenida Teodorico Teles, 30 – Centro
Crato-CE
Email:
contato@saaeccrato.com.br
Fone: (88) 3523-2044

© 2017 desenvolvido por KBsistemas

pesquisar